Logo
Logo

Secretaria de Esporte e Lazer de Balneário Piçarras

Balneário Piçarras

Competição

/Início/Campeonatos

/Municipal de Dominó

Troféu do campeão
Início: 14 de Junho de 2023Término: 29 de Outubro de 2023
livre18 a 99 anosFinalizado

26° CAMPEONATO MUNICIPAL DE DOMINÓ 2023

CAMPEONATO MUNICIPAL DE DOMINÓ

REGULAMENTO

CAPITULO 1 - DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 1º - Este regulamento é um documento composto pelo conjunto de disposições que regem o Campeonato municipal de Dominó 2023;

Art. 2º - O Campeonato Municipal de Dominó é promovido pela Prefeitura do Município de Balneário Piçarras e organizado pela Secretaria de Esporte e Lazer – SEMEL;

Art. 3º - Todos os participantes desse evento serão considerados conhecedores deste documento e das legislações afins vigentes, aos quais ficam subordinados;

Art. 4º - O Campeonato Municipal de Dominó de Balneário Piçarras será disputado as quartas-feiras, nos bares participantes do campeonato.

CAPITULO 2 - OBJETIVOS

Art. 5º - O Campeonato Municipal de Dominó tem como objetivo:

A  – Promover o intercâmbio entre as associações/bares;

B  – Incentivar a pratica do desporto do dominó, desenvolvido em clima de disciplina, lealdade e camaradagem e, promover a integração social entre os participantes;

C – Promover e estimular a organização esportiva e a formação de novos grupos de participantes do desporto do dominó.

CAPITULO 3 - PODERES

Art. 6º - Na vigência do Campeonato de dominó, os seguintes órgãos, e as pessoas a eles vinculadas serão reconhecidos como autoridades:

·          Prefeitura do Município de Balneário Piçarras - PMPB;

·          Secretaria de Esportes e Lazer - SEMEL;

·          Policia Militar de Santa Catarina – PMSC;

·           Bombeiros Militares de Santa Catarina – BMSC;

·           Bombeiros Voluntários Penha/Balneário Piçarras;

CAPITULO 4 - PARTICIPAÇÃO, INSCRIÇÃO E IDENTIFICAÇÃO.

Art. 7º - As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas na SEMEL - Secretaria de Esporte e Lazer até o dia 06 de junho de 2022, situada a Rua Antônio Martinho Telles (Anexo a Ginásio Aurélio Solano de Macedo) – Centro - Balneário Piçarras – SC, sendo que deverão conter os nomes das equipes/atletas com numeração do RG dos atletas, tamanho da camisa do uniforme e informação sobre a vacinação.

Art. 8º - Poderão inscrever-se no campeonato equipes compostas de no máximo 12 (dez) integrantes e no mínimo de 8 (oito) integrantes, sendo 3 (três) duplas titulares e 3 (tres) duplas reservas, sendo atletas que obrigatoriamente sejam eleitores (Título de Eleitor) a pelo menos 5 meses e ou residam (Comprovante de Residência) no município de Balneário Piçarras a pelo menos 1 ano e mais 2 integrantes sem vínculo com o município. A ficha de inscrição deverá ser preenchida e entregue com a cópia do RG ou CNH e comprovante de participação de todos os integrantes da equipe. É de responsabilidade única e exclusiva, de cada responsável dos estabelecimentos a veracidade das informações descritas na ficha de inscrição;

Art. 9º - Cada equipe deverá ter sede (bar, associação, etc.).

CAPITULO 5 - DISPOSIÇÕES TÉCNICAS

Art. 10º - O início de cada rodada será obrigatoriamente as 20:00hs, com tolerância de 15 (quinze) minutos. A dupla que não estiver presente dentro deste horário, perderá por WO, os 3 (três) pontos por rodada, somando-se ainda para o adversário presente 300 (trezentos) pontos;

Art. 11º - No caso de a equipe dar WO na rodada completa (nove partidas) será penalizada com a eliminação do campeonato, sendo que seus atletas estarão automaticamente suspensos das atividades em que cometeram o WO, durante 2 (dois) anos;

Parágrafo Único – Caso haja a eliminação de alguma equipe durante a competição, todos os resultados desta equipe serão anulados.

Art. 12º - A sede de cada rodada terá que fornecer no mínimo 3 (três) jogos de dominó em bom estado de conservação, sem marcas, conforme critério da SEMEL – Secretaria de Esporte e Lazer. Caso uma das duplas não aprove o jogo de dominó, a sede deverá obrigatoriamente fornecer outro jogo;

Art. 13º - As súmulas deverão serem enviadas via WhatsApp imediatamente após o termino da rodada e entregues na SEMEL – Secretaria de Esporte e Lazer pelos responsáveis pelas sedes até a sexta-feira após o término de cada rodada.

CAPITULO 6 - REGRAS

Art. 14º - Cada rodada será decidida em 3 (três) partidas para cada dupla titular, sendo cada partida encerada quando uma das equipes atingir 100 (cem) pontos, embora deva ser anotada toda a pontuação da dupla. Para efeito de classificação às semifinais, cada partida valera 1 (um) ponto, ou seja, cada equipe poderá fazer até 9 (nove) pontos por rodada;

Art. 15º - Depois de embaralhadas, as pedras terão que ser retiradas individualmente e sequencialmente pelos jogadores começando pelo saidor. As peças deverão ser colocadas na mesa em uma única linha horizontal sendo que a sequência não pode ser alterada. O não cumprimento do aqui exposto implica na perda de 10 (dez) pontos na partida que o fato ocorrer;

Art. 16º - Caso o jogador feche o jogo, e o mesmo não der fecha, a dupla perde cinquenta (50) pontos e mistura se novamente as pedras de dominó para voltar a jogada. Permanecendo o direito de saída do mesmo jogador;

Art. 17º - Tanto individualmente quanto em dupla pode haver substituição em cada mesa, apenas após o término de cada partida. O jogador substituído não poderá voltar a jogar na mesma rodada da sua equipe;

Art. 18º - Não poderá haver conversa sobre o jogo ou sinais entre os jogadores durante as partidas, caso aconteça a dupla infringente perderá 10 (dez) pontos na partida que o fato ocorrer;

Art. 19º - Jogador algum poderá bater na mesa durante as partidas, exceto com um leve toque quando o mesmo passar, conforme artigo 21º;

Art. 20º - O juiz de cada partida, caso haja necessidade do mesmo por desejo das duplas, será um membro das equipes, escolhido pelas duplas;

Art. 21º - A dupla cujo jogador passar a vez com a pedra na mão perderá 50 (cinquenta) pontos na partida que o fato ocorrer;

Art. 22º - O sinal de passe dever ser verbal ou com um leve toque de mão na mesa;

Art. 23º - Fica proibido qualquer jogador tentar ver as pedras do parceiro ou do adversário, em qualquer momento do jogo, caso isso ocorra, a equipe será penalizada com a perda de 50 (cinquenta) pontos na partida que o fato ocorrer;

Art. 24º - Durante as partidas a pedra que o jogador pegar não poderá deixar de ser jogada, exceto no caso de a mesma não servir, devendo provar o fato, mostrando-a para um dos adversários na mesa. Caso fique constatado que a pedra realmente não sirva o jogador terá o direito de jogar outra pedra, embora seja a dupla penalizada com a perda de 10 (dez) pontos;

Art. 25º - Caso de existência de “um gato” no jogo, e ninguém o observar, o procedimento será o seguinte: As pedras serão novamente embaralhadas e reiniciará uma nova jogada com o mesmo jogador que iniciou a jogada;

Art. 26º - A área de jogo deverá ser delimitada e reservada, onde somente o capitão e os jogadores das equipes poderão entrar no espaço, verificar como está o jogo e se retirar sem permanecer no local;

Art. 27º - O atleta ao fazer o movimento em cima da pedra, mesmo não tocando na pedra terá obrigatoriamente que jogar a mesma.

CAPITULO 7 - SISTEMA DE DISPUTA E CLASSIFICAÇÃO

Art. 28º - Até dez equipes:

As equipes inscritas jogarão entre si em turno e returno;

Classificarão as 8 (oito) equipes, com melhor pontuação para a segunda fase se enfrentando em cruzamento de turno e returno, sendo 1° x 8°, 2°x 7°, 3° x 6°, 4° x 5°; assim os vencedores se classificarão para a fase de semifinal.

Parágrafo Único – Havendo empate entre 2 (duas) ou mais equipe, o critério de desempate será o seguinte:

1-        Confronto Direto (somente entre 2 duas equipes);

2-        Maior pontuação total feita na 1ª fase; 3-  Menor pontuação total sofrida na 1ª fase;

4-      Sorteio.

Art. 30º - Nas semifinais a 1ª melhor classificada jogará contra a 4ª melhor classificada e a 2ª melhor classificada contra a 3ª melhor classificada, sendo que 2 (dois) ganhadores disputarão o 1º e 2º lugares e os perdedores o 3º e 4º lugares consecutivamente;

Art. 31º - As finais da competição serão disputadas no bar/equipe que obtiver a melhor pontuação na primeira fase (turno e returno).

CAPITULO 8 - DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS

Art. 32º - Todas as equipes deverão jogar uniformizadas, poderão utilizar abrigos (blusas e jaquetas) sobre os uniformes, caso o atleta não esteja uniformizado não poderá

participar da partida;

Art. 33º - Os casos omissos e/ou não julgados pelo presente regulamento, quando não resolvidos em consenso pelas equipes dentro da legalidade, da moralidade e do bom senso serão resolvidos pela comissão designada pela SEMEL – Secretaria de Esporte e Lazer;

Art. 34º - A Prefeitura Municipal de Balneário Piçarras oferecerá a premiação e troféus aos 4(quatro) primeiros classificados, conforme abaixo: 1º classificado – R$ 1.500,00 + troféu e medalhas;

2º classificado – R$ 1.000,00 + troféu e medalhas;

3º classificado – R$ 800,00 + troféu e medalhas; 4º classificado – R$ 500,00.

Art. 35º- As propostas para alteração deste regulamento, para a próxima edição do campeonato, deverão ser feitas durante o Congresso técnico na SEMEL – Secretaria de Esporte e Lazer.

Redes sociais
Logo do rodapé
Secretaria de Esporte e Lazer de Balneário PiçarrasEndereço: Rua 200 S/N - Antonio Martinho TelesBalneário Piçarras - SC
Telefone(s): (47) 3345-1472
E-mail:
Símbolo do placarsoft. Um apito. Este está na cor branca.
Placarsoft
© 2024 - SEMEL Balneário Piçarras - Todos os direitos reservados